sábado, 21 de abril de 2012

Não nego que sou possessiva. O que é meu, dá licença, é meu. E ponto. Mas o amor tem-que-respirar, senão ele morre. Então, se for para amar outra mulher, ame. Se for pra achar outra melhor, ache. Se quiser fugir, vá. A gente não luta com sentimentos. Se surgir sentimento e atração por outra pessoa, surgiu. Você não pode fazer muita coisa, a não ser chorar. E chorar demais deixa qualquer mulher feia, então chore, mas chore pouco, os 5 minutinhos, depois seque as lágrimas e vá fazer o que você mais gosta. O amor não nos dá nenhuma garantia, talvez seja isso que nos inquiete tanto. A gente não sabe o que vai acontecer no dia seguinte. É por isso que os meus sonhos eu preciso sonhar sozinha. Se algum dia eu estiver sem ele, eu continuo, não posso parar. Com ou sem ele, eu continuo. Ele não pode ser responsável pela minha felicidade, meu riso, meus planos. É injusto demais colocar o peso da sua vida na vida de outra pessoa. Eu tenho que ser feliz sozinha antes de ser feliz com ele. Ele vem pra complementar, pra trazer som, aroma, luz.

4 comentários:

  1. Confesso que eu também sou super possessiva ! Tudo que é meu é meu u.u
    é a primeira vez que eu visito o seu blog e já virei super fã !
    Cada postagem uma mais linda que a outra, fiquei impressionada! Parabéns viu minha flor, você tem muito talento.
    Espero ansiosamente a sua visitinha la no meu blog, espero que você goste :)
    http://bemdepoiisdosdoze.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Cheguei aqui por outra amiga, e logo de cara gostei do seu texto. Zíbia Gasparetto, tem um livro que enfoca a possessividade e o título já diz tudo,"Ninguém é de Ninguém".Já estou seguindo vc, se der,dê uma passadinha lá pelo meu humilde espaço.Um ótimo fds pra vc.Abração!!!
    Rubi.

    ResponderExcluir
  3. CONVITE
    Passei por aqui, para lê o seu blogue.
    Admirável. Harmonioso. Eu também estou montando um. Não tem as Cores e as Nuances do Vosso. Mas, confesso que é uma página, assim, meia que eclética. Hum... bem simples, quase Simplória. E outra vez lhe afirmo. Uma página autentica e independente. Estou lhe convidando a Visitar-me, e se possível Seguirmos juntos por Eles. Certamente estarei lá esperando por você, com o meu chapeuzinho em mãos ou na cabeça.
    Insisto que vá Visitar-me, afinal, o que vale são os elos dos sorrisos.

    www.josemariacosta.com

    ResponderExcluir
  4. Cheguei ao seu blog e fiquei entusiasmado, pois foi feito com muita graça, e com muito entusiasmo.
    Gostei do que vi e li, e achei um blog fantástico, onde se aprende muito.
    Sou António Batalha, do blog Peregrino E Servo, se me der a honra de o visitar ficarei grato.
    PS. Se desejar faça parte dos meus amigos virtuais,decerto que irei retribuir,
    seguindo e divulgando seu blog.
    Desejo-lhe muita paz e um Ano Novo cheio de grandes vitórias e saúde.

    ResponderExcluir